Carta aberta sobre atletismo


Publicado em 9 de agosto de 2017
Time de futebol da CME é campeão em Araras
Andreia (segunda, da esquerda para a direita) com Padovan (coordenador de Esportes) e alunos 

Me chamo Andreia Silva e pratico a modalidade “atletismo” há 14 anos. Até o ano passado (2016), representava a cidade de Limeira, onde ganhei uma bolsa integral para cursar a faculdade de Educação Física. Durante os anos que representei Limeira em Jogos Regionais e Jogos Abertos do Interior de São Paulo, conquistei diversas medalhas de bronze, ouro e prata.

Há dois anos, eu e o professor Jefferson Queiroz, por intermédio de nossos amigos Fernando Tank  e Juliana Lamontanha, montamos uma equipe de atletismo aqui em Iracemápolis. A partir daí, comecei a correr representando nosso município.

Assim, em 2017, tive a oportunidade de participar dos Jogos Regionais representando e conquistando medalhas para nossa querida cidade!

O atletismo nos Jogos Regionais é aberto para todas as pessoas que tem vontade de participar de uma competição de pista, mas não é profissional. No entanto, para motivar os jovens atletas que sonham em chegar ao alto nível, são colocados índices em cada modalidade. Dessa maneira, os atletas amadores que conseguem esse índice podem participar dos Jogos Abertos do Interior de São Paulo e competir com atletas de nível nacional e, algumas vezes, até internacional.

Em 2017, mais uma vez, representando agora a cidade de Iracemápolis, conquistei índice nas provas de meio fundo (800 m rasos e 1.500 m rasos). O índice dos 800 m rasos é 2.24.0, e eu corri para 2.21.28, conquistando medalha de prata. Já o índice para o 1.500 m rasos é 5.00.0 e eu corri para 4.59.96, e assim também conquistei medalha de prata.

Agradeço a participação de todos os meus alunos que estiveram representando Iracemápolis nos Jogos Regionais e o apoio da Prefeitura e do coordenador de Esporte, José Carlos Padovan, aos atletas que representaram a cidade.

Me sinto orgulhosa da minha equipe e de representar Iracemápolis.