Sobre flexibilização do comércio


Publicado em 30 de maio de 2020
Decreto foi publicado em edição extraordinária do Diário Oficial do Município

O comércio de rua, imobiliárias e escritórios voltarão a funcionar na próxima segunda-feira, dia 1º de junho. A abertura será por um período de 4 horas ininterruptas dentro do período das 9h às 18h.

Os comerciantes deverão receber no máximo 20% da capacidade dos estabelecimentos e adotar as normas sanitárias determinadas pelo Ministério da Saúde.

O prefeito Fábio Zuza publicou um Decreto em edição extraordinária no Diário Oficial do Município contendo todo o regramento da flexibilização.

Clique no link abaixo e leia o Decreto:
➡️ https://bityli.com/g3HYE

A Prefeitura criou um Termo de Responsabilidade para que os comerciantes preencham informando que conhecem as normas sanitárias e irão respeitá-las.

O documento preenchido (pode ser a mão) deve ser fixado na entrada dos estabelecimentos em local visível até no máximo terça-feira (02/06).

Clique no link abaixo e imprima o termo:
➡️ https://bityli.com/kitYZ

COMÉRCIO:
• Irão funcionar por 4 horas ininterruptas dentro das 9h às 18h (segunda a sábado);

• Restrição de acesso simultâneo de 20% da capacidade dos estabelecimentos;

• Deverão seguir regras sanitárias, como: uso de máscaras, disposição de álcool em gel (70%) e desinfecção frequente de áreas comuns.

ALIMENTAÇÃO:
• Restaurantes, lanchonetes e bares continuarão em sistema delivery, como já determinado anteriormente pelo Estado.

NÃO ABREM:
• Templos de qualquer culto, salões de beleza, barbearias e academias.

SEGUEM IGUAL:
• Construção civil, indústria, óticas e supermercados (como autorizado anteriormente).

ATENÇÃO:
• ONGs, igrejas, associações e outras entidades precisam solicitar autorização formal à Prefeitura para a realização de quaisquer eventos e/ou campanhas que, eventualmente, possam trazer aglomeração de pessoas. Por exemplo: venda de bolos, alimentos, campanhas de arrecadação de produtos etc. Em caso de dúvida, ligar para 3456 9200.