Dengue: Prefeitura confirma 1º caso e alerta sobre prevenção


Publicado em 7 de março de 2019
Município organiza ações para intensificar prevenção à dengue
Setores públicos debatem medidas para trabalhos de conscientização

A Prefeitura divulgou o primeiro caso de dengue em Iracemápolis em 2019. É um caso “autóctone”, ou seja, contraído no próprio município.

Antes mesmo da confirmação, profissionais de Saúde já haviam intensificado as ações de prevenção por causa de um já esperado surto da doença em todo o estado de São Paulo, fruto da circulação do “vírus 2” da dengue.

De acordo com o vice-prefeito e coordenador de Saúde, Messias Humberto de Oliveira, profissionais do setor estão realizando atividades de orientação em bairros e unidades de saúde para ampliar a conscientização.

“Esse período exige um cuidado extra, pois é propício para a formação de focos do mosquito transmissor. Daí a importância de um trabalho conjunto entre Prefeitura e população na eliminação de criadouros”, orienta.

Em Iracemápolis, o caso confirmado foi no Jd. Primavera, mas profissionais da Vigilância em Saúde também encontraram larvas do Aedes aegypti em outros bairros.

 

CUIDADO REDOBRADO

O vírus 2 da dengue é prejudicial a todos e traz complicações maiores para quem já teve algum tipo de dengue antes. Por isso, é importante combater o acúmulo de água limpa, locais propícios para a criação do mosquito.

Também é importante fazer a limpeza de terrenos para evitar entulhos, mato alto e lixo irregular. A fiscalização foi intensificada pela Prefeitura e os proprietários de áreas em más condições estão sendo notificados.

É importante a população ter a consciência de que a região toda está em alerta, pois é esperado um surto estadual da doença. Como exemplo, nos primeiros meses de 2019, a cidade vizinha de Limeira já registrou mais casos de dengue do que em todo o ano passado.