Faltas chegam a 18% no CESMI


Publicado em 26 de outubro de 2018
Secretaria de Saúde promove palestra na terça-feira
Mais informações: 3456 3867

Dados da Coordenadoria de Saúde apontam alto número de faltas por parte dos pacientes nas consultas médicas marcadas no Centro de Especialidades Médicas de Iracemápolis (CESMI).

A direção da unidade de saúde iniciou um esforço para diminuir esse índice. A falta de pacientes nas consultas afeta a fila. É importante que o paciente, quando for faltar, desmarque com antecedência para que a consulta seja remarcada para outra pessoa que esteja precisando.

De janeiro a agosto de 2018, foram 5.401 consultas marcadas. Dessas, 1.216 não foram realizadas por esse motivo — o que representa 18,37%.

MEDIDAS

O esforço para diminuir a porcentagem de faltas inclui uma série de medidas:

• 1ª Consulta somente com encaminhamento (Guia de Referência de Encaminhamento às Especialidades);

• Horário de agendamento: 9h às 12h e 13h às 16h;

• O agendamento é feito apenas com apresentação do cartão SUS;

• Não haverá agendamento por telefone;

• A tolerância de atraso é de 30 minutos. Após esse tempo, a vaga é cedida a outro paciente e deverá ser reagendada a consulta nos horários de agendamento;

• Pacientes que não retornarem nas consultas (à pedido do médico) durante um período de 6 meses deverá retornar à UBS (Posto de Saúde) de origem para reavaliação e novo encaminhamento à especialidade se houver necessidade;

• Duas faltas não justificadas será considerada abandono de tratamento e o paciente deverá retornar à UBS (Posto de Saúde) de origem para nova avaliação e novo encaminhamento se houver necessidade.