Prefeitura busca soluções para a Estação de Tratamento de Esgoto


Publicado em 13 de janeiro de 2017
Equipe conseguiu aditar o prazo do convênio; obra já recomeçou

O prefeito Fábio Zuza, o coordenador de Planejamento Urbano, Benedicto Borba Filho, e o controlador interno da Prefeitura, Celso Crystal, estiveram nesta terça-feira (10) reunidos em Piracicaba com o diretor da Agência das Bacias PCJ, Sérgio Razera.

O encontro serviu para resolver a situação da obra de desassoreamento da lagoa da Estação de Tratamento de Esgoto no bairro Torioni. A obra estava parada desde a metade do ano de 2016 por causa de problemas nas quatro caixas que servem para secar o lodo (produto remanescente do acúmulo de esgoto).

Foram gastos cerca de R$ 350 mil até a paralisação da obra. A situação deixou o município inadimplente junto ao Consórcio PCJ e, por ora, Iracemápolis está impossibilitada de receber recursos pelo Consórcio.

Com o encontro, a Prefeitura conseguiu aditar o prazo do convênio. O conserto das caixas vai ficar em R$ 150 mil, dessa vez com recursos do Executivo. A obra de reconstrução já foi iniciada.

Ainda na terça, a documentação necessária para o andamento dos serviços foi entregue ao agente fiscalizador (Caixa Econômica Federal), em reunião na superintendência do órgão (foto).