Prefeitura faz adequações nas estações elevatórias de esgoto


Publicado em 10 de janeiro de 2019
Prefeitura faz adequações nas estações elevatórias de esgoto
Elevatória do Distrito Industrial 2: há outras espalhadas em vários pontos da cidade

A Prefeitura está fazendo uma importante obra para o sistema de esgotamento sanitário do município. Estão ficando prontas as adequações das estações elevatórias de esgoto — que ficam no Aquárius, Orquídeas, Distrito Industrial 2, Distrito Industrial 4 e área rural.

Duas já estão finalizadas, aguardando apenas a ligação da concessionária de eletricidade: a do Orquídeas e a do Distrito 2. O trabalho visa solucionar problemas antigos, como a volta do esgoto em residências e o despejo in natura no Ribeirão Cachoeirinha.

O amplo serviço nas elevatórias envolve parte civil, elétrica e hidráulica.

EFICIÊNCIA

A obra é importante porque o esgoto precisa passar pelas tubulações da rede municipal para receber tratamento adequado.

Em certos bairros, para atingir a Estação de Tratamento, a rede de esgoto conta com a força da gravidade para levar os resíduos. Em determinados pontos, no entanto, é preciso fazer bombeamento pelas tubulações para dar eficiência. Essas unidades de bombeamento são chamadas de estações elevatórias.

“Elas têm equipamentos hidráulicos que ampliam a pressão para bombear água e resíduos para coletores de áreas mais altas”, explica Benedicto Borba Filho, do setor de Planejamento Urbano.

CONVÊNIO

O projeto de ampla reforma das estações elevatórias foi adquirido pelo prefeito Fábio Zuza, ainda em 2012, por meio de parceria com o Consórcio PCJ.

A gestora de Convênios, Josiane Nolasco, informou que obra tem investimento de R$ 3,9 milhões em convênio com o Governo do Estado. Desse total, R$ 277 mil são recursos municipais.