Prefeitura quer implantar metodologia do SESI nas escolas


Publicado em 11 de outubro de 2017
Prefeitura quer implantar metodologia do SESI nas escolas
Encontro intermediado pelo Dr. João Guilherme serviu de base para a proposta; Fábio Zuza encaminha documento à Câmara para efetuar a implantação

A Prefeitura pretende implantar o Sistema SESI de ensino nas escolas municipais. O objetivo é fazer um convênio de cooperação técnica e financeira com o Serviço Social da Indústria (SESI), conhecido por desenvolver uma educação de excelência.

A proposta contempla material didático e treinamento de profissionais da rede pública. Documento enviado à Câmara pelo prefeito Fábio Zuza afirma que a ação visa o aprimoramento da qualidade do ensino.

Se a proposta for aprovada, o investimento será de R$ 25 mil com material didático e R$ 33 mil com formação profissional.

DR. JOÃO INTERMEDIOU

A implantação do projeto começou a tomar forma em janeiro, quando Fábio Zuza esteve em São Paulo com o superintendente Walter Gonçalves e com o diretor Fernando Carvalho, ambos do SESI, para falar sobre o assunto.

A reunião foi intermediada pelo Dr. João Guilherme Sabino Ometto, vice-presidente da FIESP. Na ocasião, acompanharam o prefeito a coordenadora de Educação, Escolástica Bonin Denardi, e o vereador Cláudio Cosenza Filho.

“O encontro serviu para iniciar o estudo da proposta. O novo sistema fará com que alunos da rede municipal estudem com o material didático do SESI, cuja qualidade é referência em todo país”, afirmou o prefeito.

A vantagem do sistema é que ele contribui para elevar a qualidade do ensino, além de estimular a melhoria da infraestrutura e dos ambientes educacionais em função das inovações didáticas e tecnológicas que introduz.

SERVIÇO

O serviço inclui apostilas e metodologia de trabalho para a educação pública infantil.

O atendimento contempla o “maternal” 1 e 2 e o “pré” 1 e 2. No primeiro caso, uma equipe faz a capacitação dos professores pelo sistema SESI. No segundo, além da capacitação, o serviço inclui material didático aos alunos.

A Coordenadoria de Educação informa que o processo está em fase inicial e, em breve, será detalhado.