Prefeitura reduz custos com telefonia móvel

Gasto com celular de coordenadores cai mais de R$ 30 mil em 2017


Publicado em 23 de novembro de 2017
Fonte: Departamento Municipal de Contabilidade

O gasto da Prefeitura com telefone celular caiu de forma considerável em 2017. De fevereiro a outubro, foram gastos R$ 53.895,94 com contas de telefonia móvel. No mesmo período em 2016, eram gastos R$ 84.339,17.

Os números representam redução de custos de R$ 30.443,23. A economia é fruto da otimização do uso do celular por parte de chefes, diretores e coordenadores municipais e de outros funcionários que usam o aparelho público, como conselheiros tutelares.

“O prefeito Fábio Zuza orienta que o telefone seja utilizado de forma equilibrada e profissional. Economizar na conta telefônica é parte das ações de uma gestão atenta ao uso eficiente do dinheiro público”, disse, em nota, o departamento de Contabilidade.

Este ano, a Prefeitura diminuiu o número de aparelhos cedido a funcionários. Em 2016, em média, 50 servidores usavam o telefone. Em 2017, são 40. Também foi revisto o pacote de serviços. Em setembro, a conta foi de apenas R$ 1.324,27, fruto de revisão contratual que abateu valores excedidos em meses anteriores.

A Prefeitura informou que o próximo passo é rever os planos anuais e gastos com energia e telefonia fixa. O objetivo é reduzir ainda mais as despesas em 2018.