Prefeitura reduz gastos com telefone, energia elétrica e hora-extra


Publicado em 28 de fevereiro de 2018

Com a adoção de uma série de medidas, a Prefeitura economizou R$ 363 mil nas contas de telefone, energia elétrica, medicamento, merenda e hora-extra.

O balanço é da “Mais Partners”, empresa especializada em controle de gastos.

A economia de R$ 363.656,02 é referente a novembro, dezembro e janeiro. No último mês, a economia foi de R$ 101.952,26. A conta de fevereiro está sendo fechada, mas a perspectiva é de redução ainda maior.

“Isso é fruto do corte de gastos e de algumas adequações. O telefone vem sendo utilizado só o necessário, a distribuição de medicamentos é para quem realmente precisa, as horas-extras diminuíram, entre outras ações”, informou José Nascimento, consultor da “Mais Partners”.

A economia tem feito com que a Prefeitura melhore as contas públicas, pague dívidas e amplie a eficiência na distribuição de recursos. A ação é fruto do programa “Mais Gestão”, parceria com o Movimento Brasil Competitivo, que rende assessoria sem custo para o município.