Prefeitura revê contratos do setor de Tributos: economia é de R$ 131 mil


Publicado em 16 de novembro de 2017
Prefeitura revê contratos do setor de Tributos: economia é de R$ 131 mil
Novos licenciamentos mantêm serviços e geram redução de despesas

A Prefeitura tem feito um trabalho de revisão dos contratos em vigência com o objetivo de renegociá-los, economizar e melhorar a aplicação do dinheiro público.

Nesta semana, foi divulgado a renegociação de mais dois contratos, dessa vez do setor de Tributos, que proporcionaram economia de R$ 131 mil no exercício de 2017.

Um deles é sobre o licenciamento do software que faz o acompanhamento do valor adicionado do município. O sistema estima o repasse de ICMS que o Governo do Estado encaminha à Iracemápolis.

O segundo é sobre o licenciamento do software que faz tratamento de dados e análise gerencial sobre a arrecadação de impostos sobre serviços. O sistema faz a fiscalização de ISS, emissão de nota fiscal eletrônica e de guias de recolhimento.

 

OUTRAS REVISÕES

O ajuste dos contratos é fruto do trabalho de eficiência financeira que o prefeito Fábio Zuza vem implantando desde o início da gestão, em janeiro.

A Prefeitura tem revisto o gasto com energia, telefone e material de limpeza, entre outras ações — como a troca da empresa que faz a leitura de água nas casas, que representa economia de R$ 120 mil por ano.

Outro exemplo é a troca da empresa que fornece o cartão-alimentação dos funcionários públicos. O novo contrato representa economia anual de R$ 180 mil.

Despesas com aluguéis também foram revistas. Até o ano passado, vários setores funcionavam em casas alugadas. Este ano, eles foram adaptados para prédios do próprio município, gerando economia anual de R$ 87 mil.