Sabesp projeta investir R$ 16 milhões no sistema de água e esgoto de Iracemápolis


Publicado em 24 de novembro de 2017
Sabesp projeta investir R$ 16 milhões no sistema de água e esgoto de Iracemápolis
Atual sistema de tratamento de água e esgoto precisa de investimentos

A Prefeitura pretende estabelecer um contrato de concessão dos serviços de água e esgoto com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

A empresa, ligada ao governo estadual, é responsável pelo fornecimento de água, coleta e tratamento de esgoto em mais de 370 municípios paulistas.

A concessão precisa ser aprovada pela Câmara Municipal. Caso isso aconteça, a Sabesp vai fazer a gestão dos serviços por 30 anos e projeta investir R$ 16 milhões em Iracemápolis.

 

PROJETO

Se o projeto for aprovado, além do investimento para recuperar o sistema de água e esgoto, que está sucateado, a Sabesp vai repassar 5% da renda de tarifas ao município.

A empresa se compromete a não aumentar o preço da água em 2018. O acordo prevê que o valor fique dentro da tabela adotada em cidades da região apenas em 2021. Até lá, o reajuste será gradativo. O acordo também prevê tarifa especial para famílias de baixa renda.

O sistema de concessão é diferente do de privatização e não deve ser confundido. O serviço fica mantido sob controle público, no caso estadual, já que a Sabesp é uma empresa de economia mista ligada ao governo.

 

APOIO

Nesta semana, o prefeito Fábio Zuza esteve na Câmara para falar sobre o assunto e pedir apoio aos vereadores. Ele agradeceu pela reunião e pelo debate em alto nível.

“A Sabesp atende hoje a 60% da população do estado e é responsável por um terço do investimento em saneamento feito no Brasil. A empresa é referência em qualidade”, afirmou.

A Prefeitura informou que o objetivo é dar qualidade ao tratamento de água e esgoto. E garantir o abastecimento à população a partir da gestão especializada desse serviço, pois o município está crescendo.